morada-03
Contabilidade Fácil
CEA_Prancheta 1

Cerca de 80% da construção das 1500 moradias no Jd. Raphael, em Bertioga, está concluída

Cidades Destaque

O empreendimento, previsto para ser entregue em fevereiro de 2022, vai beneficiar cerca de 6000 pessoas

A construção das 1500 moradias do Conjunto Habitacional Caminho das Árvores, localizado no Jardim Raphael, em Bertioga, está avançando. Cerca de 80% da obra já está concluída, fazendo com que o sonho da casa própria seja ainda mais real para milhares de famílias do Município.

O empreendimento é fruto do esforço da Administração Municipal junto aos governos estadual e federal para que o projeto saísse do papel.

O projeto faz parte do programa Minha Casa Minha Vida – Entidades, do Governo Federal, em parceria com o Governo do Estado, pelo programa Casa Paulista.

O empreendimento vai beneficiar cerca de 6000 pessoas com apartamentos de dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Estes já contam com piso, azulejo, janelas, portas, primeira demão de tinta, vasos sanitários e louças. Além disso, 5% dos apartamentos são adaptados para atender Portadores de Necessidades Especiais (PNE).

“Esse é o maior projeto habitacional de Bertioga e isso nos enche de alegria, porque nada se compara a realização do sonho da casa própria. Vamos continuar trabalhando e lutando por mais projetos para Bertioga, caminhando junto com a regularização fundiária, que vem acontecendo no Município desde 2017”, afirma o prefeito Caio Matheus. 

Ao todo, são cinco condomínios com 300 unidades, totalizando 1500 moradias, distribuídas em uma área com mais de 75 000 m², previstos para serem entregues em fevereiro de 2022. Eles receberão nomes de plantas nativas da região, como Flamboyant, Resedá, Quaresmeira, Ganandi e Claraíba. Cada um destes contará com guarita, depósito de lixo, playgrounds, salão comunitário, reservatório de água, jardins e vagas de estacionamento.

A Prefeitura está trabalhando para continuar a pavimentação da Avenida Marginal Norte, via de acesso ao Conjunto Habitacional, oferecendo melhores condições aos futuros moradores, e também está cobrando a doação de uma parte da área do condomínio para que se torne institucional, possibilitando o investimento em equipamentos públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *