vasconcelos-corretor
morada-03
CEA_Prancheta 1
Contabilidade Fácil
camara

Bertioga coloca no final da fila quem  recusar vacina contra a Covid-19 em razão da marca

Cidades Destaque

Medida começa a valer a partir de segunda (12)

A Prefeitura de Bertioga adotou protocolos mais rígidos para as pessoas que se recusarem a receber a vacina contra a Covid-19 de determinado fabricante. Quem rejeitar o imunizante disponível nos postos em razão da marca terá de assinar um termo de responsabilidade e será colocado no final da fila do calendário de vacinação. O decreto municipal foi publicado no Boletim Oficial desta quinta-feira (8).

As informações dos desistentes que assinarem o documento serão armazenadas em um banco de dados, o que permitirá o bloqueio e cancelamento de agendamento online, procedimento necessário para receber a vacina no município.

As pessoas que se enquadrarem nessa situação, terão de aguardar a conclusão do processo de imunização de toda a população acima de 18 anos da cidade, para receber a vacina e não poderá escolher o fabricante quando chegar a sua vez.

De acordo com o prefeito Caio Matheus, a medida tem o objetivo de coibir essa prática que coloca em risco não só a vida de quem recusa a vacina, mas também a saúde pública. “A atitude dessas pessoas, chamadas de ‘sommeliers de vacina’, não tem apenas consequências individuais, mas coletivas e atrasam o avanço da imunização da população. Todas as vacinas têm eficácia comprovada. A melhor vacina é a vacina no braço”, afirma.

A secretária de Saúde, Janice Silva Santos, reforça a importância da vacinação. “Independente do laboratório, todas as vacinas são eficazes, reduzem a circulação do vírus, contribuem para evitar as formas graves da doença e os óbitos em decorrência da Covid-19”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *