vasconcelos-corretor
morada-03
CEA_Prancheta 1
Contabilidade Fácil
camara

“Com vacinação atrasada, São Sebastião está entre as 50 últimas cidades em ranking estadual”, avalia jornalista Helton Romano

Destaque São Sebastião

 Ao completar o quarto mês da campanha de imunização contra Covid, nesta quinta-feira (27), o jornalista Helton Romano, faz uma análise da vacinação em São Sebastião, que segundo Romano, permanece entre as 50 últimas cidades no ranking estadual de vacinação (veja na imagem). A primeira dose foi aplicada em 14.058 pessoas, o que representa apenas 15,56% da população. Já a segunda dose imunizou 8.017 pessoas – equivalente a 8,87%. 

Em suas redes social, ele apontou  que no ranking da aplicação de doses recebidas, São Sebastião se mantém numa colocação intermediária, na posição 327. O município aplicou 85,86% das doses que recebeu. 

Segundo o jornalista: “A campanha na cidade está atrasada em relação ao cronograma definido pelo Estado. Segundo publicações da Prefeitura, São Sebastião ainda está vacinando pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos, enquanto outras cidades paulistas já atendem ao grupo de comorbidades e deficiência permanente acima dos 45 anos”. 

Grávidas e puérperas com comorbidades, além dos motoristas de ônibus, também já deveriam ter sido vacinados, caso o cronograma estadual estivesse sendo cumprido em São Sebastião. 

Questionado a respeito, o secretário de Saúde nega o atraso. “Estamos adiantados e organizados”, diz Reinaldinho. Segundo ele, as doses destinadas aos motoristas de ônibus só foram recebidas no final da tarde de ontem.  

Em entrevista ao jornalista, o secretário também conta que as grávidas e puérperas estão sendo vacinadas, embora o atendimento deste grupo não tenha sido divulgado. “Ligamos para todas as pessoas acompanhadas pelo grupo de risco, e estão cientes que precisam se apresentar até terça-feira. Se tiver pessoas que não fazem parte do SUS,  apenas necessitam se apresentar no posto”, disse Reinaldinho. 

O secretário afirma ainda ter iniciado vacinação em pessoas com comorbidades acima dos 50 anos, e em pessoas com deficiência permanente de mais de 45 anos. A vacinação de ambos os grupos também não foi divulgada pela Prefeitura. 

Em sua última live, o prefeito Felipe Augusto chegou a declarar que a cidade “está entre as 50 que mais vacinaram no Estado”. A afirmação do prefeito é o inverso da realidade.  

O ranking está disponível no site www.vacinaja.sp.gov.br/vacinometro

Veja abaixo os percentuais das cidades do Litoral Norte: 

População vacinada com ao menos uma dose 

Ilhabela – 19,41% 

Caraguá – 18,82% 

Ubatuba – 18,51% 

São Sebastião – 15,56% 

Aplicação de doses recebidas 

Ilhabela – 92,62% 

São Sebastião – 85,86% 

Ubatuba – 79,31% 

Caraguá – 75,79% 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *