morada-03
Contabilidade Fácil
CEA_Prancheta 1

Bruno Covas começa nova fase de tratamento contra o câncer, que combina imunoterapia com terapia-alvo

Destaque Saúde

Prefeito licenciado está fazendo fisioterapia e caminhando pelos corredores dos hospital Sírio-Libanês, onde está internado em SP. Ele se afastou do cargo por 30 dias para tratamento da doença

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), internado no Hospital Sírio-Libanês, no Centro da capital paulista, iniciou nesta segunda-feira (10) uma nova etapa do tratamento de combate ao câncer que possui no sistema digestivo com metástase óssea: fará uma combinação de imunoterapia com terapia-alvo.

O novo tratamento iniciado por Covas nesta semana usa a imunoterpia, que é feita com medicamento que reforça o sistema imunológico do paciente para que ele próprio combata o câncer. Mas aplica também a terapia-alvo, um tratamento mais recente, feito com outro tipo de medicamento, que identifica uma proteína que existe em células cancerígenas e ataca essas células.

Também nesta segunda, Covas recebeu a visita no hospital do governador, João Doria (PSDB). Em postagem nas redes sociais, o prefeito licenciado diz que ambos “colocaram o papo em dia”. Não há previsão de alta.

Até a semana passada, Covas passava por sessões de radioterapia, que tentavam conter um sangramento recente.

Os médicos ainda não sabem quantas sessões serão realizadas com esse novo tipo de terapia – isso vai depender das avaliações que são feitas diariamente. A equipe avalia que o estado geral do prefeito está melhor e que ele está fazendo fisioterapia e caminhando pelos corredores dos hospital.

No Dia das Mães, Covas postou uma homenagem a sua mãe e à mãe de seu filho, que hoje tem 15 anos. Ele também postou uma foto dele mesmo sorrindo e escreveu: “Continuo a lutar aqui no hospital. sem baixar a cabeça e sem perder minha motivação. muita força, foco e fé. e espero logo estar junto de vocês para agradecer por todo carinho. feliz dia das mães e bom domingo !”.

Com informações do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *