morada-03
Contabilidade Fácil
CEA_Prancheta 1

Ex-moradora de Bertioga, Henriette Fraissat, conquista jurados do The Voice

Entretenimento

Com uma voz doce e encantadora, a cantora está entre os classificados do programa da Rede Globo

No último domingo (28), a artista foi classificada para a próxima fase do programa

“A minha participação no The Voice Mais e ter sido classificada foi realmente a continuação de um sonho, que sempre tive, que é cantar, cantar e cantar”. Com essas palavras a cantora, Henriette Fraissat, de 72 anos, define o sentimento de estar entre os classificados do programa da Rede Globo.

Henriette é muito conhecida em Bertioga. Quem não conhece a cantora, que entre os anos de 2000 e 2005 tocou o coração dos bertioguenses e os encantou com sua voz doce, tranquila e extremamente afinada e inspiradora?

Definiu o cantor Daniel em uma das suas apresentações: “Eu vou escolher o espetáculo que essa voz deu hoje. Eu me senti em casa com ela, me senti acolhido. É um tipo de apresentação que vai penetrando dentro de você, a voz dela me trouxe isso hoje”.

“Ah, quem me dera ser poeta. Pra cantar em seu louvor. Belas canções, lindos poemas. Doces frases de amor”, a frase do poeta e compositor Tom Jobim se encaixa perfeitamente para descrever o talento da cantora que está conquistando os jurados do The Voice.

Daniel, Ludmilla, Claudia Leitte e Mumuzinho compõem a bancada de jurados

Classificação

No último domingo (28), a artista foi classificada para a próxima fase do programa. Interpretando a belíssima música “De volta para o Aconchego”, composta por Dominguinhos e que já fez muito sucesso na voz de Elba Ramalho, Henriette mostrou todo seu talento.

Sob aplausos dos técnicos do programa, em especial, Claudia Leitte, ela se emocionou. Henriette falou com exclusividade ao jornal ‘Folha News’, sobre o sentimento de estar classificada no programa global e lembrou da época que morou em Bertioga.

“Fui muito feliz em Bertioga. Gosto muito da cidade. Costumava cantar no Shopping, Sesc e no Centro da Cidade. Também cantei em Boissucanga”, lembrou a cantora que hoje mora em Mogi das Cruzes e com muito alto astral e simpatia canta jazz e bossa nova.

Começo da carreira

Se apresentando em Mogi das Cruzes

Henriette começou a cantar aos 11 anos, em casa. Nascida em São Paulo, aos 17 anos participou de vários jingles e começou a se apresentar. Mas por ciúmes do marido, não cantava nem no chuveiro.

Virtuosa, encontrou outros talentos para ganhar a vida: o de cuidar do próximo e o de ensinar. Hoje ela canta em uma banda e na orquestra sinfônica de Mogi. E agora vista e ouvida por todo o Brasil.

“Todo artista tem um pouco de vaidade em receber aplausos. O aplauso é o alimento da alma de todo artista”, define a cantora ao comentar sobre como é pra ela estar entre os classificados do programa musical.

Maquiada e prontinha para se apresentar nos estúdios do Projac

E a gente deseja boa sorte pra ela. Que ela continue encantando e inspirando pessoas. Boa sorte! Estamos torcendo por você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *